Resultados Esperados


A partir dos resultados gerados pelas pesquisas desenvolvidas nesses três eixos, o desafio do presente projeto é o de compor um painel articulado e levar a compreensão que se tem da “diversidade” amazônica para além da ideia de uma simples presença de diferentes populações, línguas e culturas na região, descrevendo de forma aprofundada as experiências de grupos específicos e analisando, a partir de estudos comparativos, as posições que esses grupos ocupam e os papéis que exercem no cenário mais amplo da sociedade amazônica. Organizada dessa maneira, a proposta deste projeto PROCAD reflete o compromisso dos docentes das áreas de Linguística e Literatura, vinculados aos três Programas participantes da rede, que, em parceria, objetivam, em termos institucionais:

I.    Melhorar a qualidade de seus projetos de pesquisa;

II.    Incrementar o número de publicações científicas em periódicos qualificados por meio da publicação conjunta com docentes das instituições da rede de
cooperação acadêmica;

III.    Aumentar o número de publicações de discentes dos Programas, por meio de sua participação na pesquisa e nas publicações decorrentes dela;

IV.    Intensificar a participação de docentes e discentes em eventos científicos  nacionais e internacionais;

V.    Aumentar a inserção social dos Programas por meio da elaboração e realização de cursos de formação de professores para atuar no ensino de línguas em comunidades diversas, incluindo ribeirinhos, imigrantes, feirantes, quilombolas, indígenas e surdos, ministrados por docentes e discentes envolvidos na pesquisa;

VI.   Fomentar a elaboração de materiais didáticos e de relatórios de diagnóstico da situação das línguas empregadas nas comunidades já supracitadas, de sua descrição e de seu ensino nas comunidades-alvo.

Com esses objetivos o projeto visa, portanto, acrescentar um reforço decisivo às ações que os Programas vêm empreendendo em prol da elevação das suas notas junto à CAPES, criando condições para a consolidação da pesquisa em Letras da Região Norte, incluindo a criação de curso de Doutorado em Linguística na Instituição proponente (UNIR).